top of page
Buscar

DEU NO ESTADO DE MINAS

A reportagem destaca a ascensão no mercado de bebidas de drinques enlatados produzidos em Belo Horizonte, com marcas como "Gingibre", "Lambe Lambe" e "Xeque Mate" ganhando popularidade. A praticidade de abrir uma lata e desfrutar de um drinque pronto impulsionou as vendas dessas bebidas em diferentes ocasiões.

A Lambe Lambe, em particular, surgiu em 2020 e desde então experimentou 47 variações, refletindo um processo criativo focado na busca por novos sabores. Os criadores, Edson Segundo e Peter Thomas, inspiraram-se em hard seltzers dos EUA.


Dois sabores principais da marca, tangerina com limão e sal (inspirado na margarita) e pitaya com maracujá e alecrim, foram os lançamento dessa nova fase da marca. A Lambe Lambe apresenta uma ampla gama de combinações, incluindo manga com abacaxi, cacau com gengibre e limão, mirtilo com cravo e canela, jabuticaba com amora, café com tangerina, goiaba com mel e maracujá, e pêssego com cajá, manga e coco.

A variedade de sabores na Lambe Lambe é sazonal, dependendo da disponibilidade de frutas naturais. Por exemplo, o sabor de pitaya enfrenta desafios de circulação entre setembro e novembro devido à escassez da fruta nesse período, levando à adoção de práticas como congelamento e armazenamento para garantir a continuidade da produção. A marca opera a Fermentaria Lambe Lambe, com vários endereços em BH e um em Tiradentes.


Acesse o link e leia a reportagem completa.


287 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


bottom of page